Netflix informa que não haverá o encerramento da série ‘The OA’

A Netflix cancelou no início deste mês o contrato com a série “The OA”, depois de duas temporadas. Essa decisão provocou um intenso clamor de fãs, que protestaram de diversas maneiras, sendo que alguns deles realizaram até mesmo uma greve de fome. Contudo, a plataforma de Streaming informou que já tomou sua decisão e que não haverá filme para encerrar a série.

Uma fonte próxima às discussões disse que a Netflix e os criadores do programa, Brit Marling e Zal Batmanglij, falaram sobre a ideia de amarrar as pontas soltas do programa em formato de filme.

Contudo o plano inicial era de que a série “The OA” deveria durar cinco temporadas, e uma conclusão de duas horas não seria suficiente. Como a própria Netflix é a produtora de “The OA”, outra rede não pode entrar em cena para resgatar o programa, como aconteceu recentemente com o que a Pop fez com o “One Day at a Time”, produzido pela Sony.

Todo o elenco de “The OA” foi liberado de seus contratos. No fim de semana, Marling, que também é a estrela da série, fez um sincero agradecimento aos fãs – e um adeus ao programa.

Em um longo post no Instagram que demonstrou seu rigor intelectual, Marling escreveu: “Suas palavras e imagens nos movem profundamente. Não porque o programa deva continuar, mas porque, para algumas pessoas, seu cancelamento inesperado gera questões maiores sobre o papel da narrativa e seu destino no impulso do capitalismo tardio em direção à consolidação e economias de escala. ”

O post de Marling também soou como um apelo para que os fãs inconformados abaixassem as suas espadas, mas nem todos parecem ter entendido a mensagem.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *