Sunday, May 26th, 2024

Ícones infantis viram vilões de terror em “Mickey Vs. Winnie”

Quando personagens muito amados passam a ser de domínio público, não há limites para as histórias das quais eles podem fazer parte. Glenn Douglas Packard, coreógrafo indicado ao Emmy e que fez sua estreia na direção com o filme de terror “Pitchfork” em 2017, anunciou recentemente à Deadline sua intenção de criar um novo filme de terror intitulado “Mickey Vs. Winnie”. O filme será estrelado — acredite se quiser — por Mickey Mouse e Ursinho Pooh.

“Mickey Vs. Winnie” será produzido por Packard através de sua empresa Untouchables Entertainment. Outros produtores incluem Rachel Carter, parceira criativa de Packard, e Anthony Pernicka, CEO da publicação online iHorror, que produzirá através da iHorror Productions. Packard dirigirá o filme a partir de seu próprio roteiro original.

Essa novidade chega logo após “Steamboat Willie” — um dos primeiros desenhos do Mickey Mouse — entrar em domínio público em janeiro de 2024. Os populares livros de A.A. Milne sobre o Ursinho Pooh também passaram para o domínio público no início de 2022. Esses desenvolvimentos certamente incitaram muitas iniciativas criativas na mente dos artistas que desejavam dar suas próprias interpretações a esses personagens historicamente inacessíveis. Mas o anúncio de Packard marca uma das primeiras vezes, após o memorável “Winnie-the-Pooh: Blood and Honey”, que esses personagens aparecerão na tela grande em uma luz completamente nova.

Qual é a trama de “Mickey Vs. Winnie”?

De acordo com a sinopse fornecida por Packard, parece que “Mickey Vs. Winnie” buscará inspiração em filmes de terror do passado. O filme começa com dois criminosos na década de 1920 fugindo para uma floresta, apenas para serem arrastados e aprisionados lá eternamente por forças invisíveis. Cerca de cem anos depois, um grupo de amigos hospedados em um Airbnb no mesmo bosque luta pela sobrevivência contra os espíritos retornados desses mesmos criminosos, mas com uma reviravolta notável: os criminosos se transformaram em versões aterrorizantes de Mickey Mouse e Ursinho Pooh. O título do filme também sugere que, eventualmente, esses dois vilões improváveis entrarão em conflito. Quem vencerá essa batalha antes impensável é um mistério.

“Estamos entusiasmados em revelar essa abordagem única para os fãs de terror”, disse o produtor Pernicka, descrevendo como a equipe de “Mickey Vs. Winnie” pretende mudar a percepção popular desses dois personagens. “Apresentamos versões de terror em live-action profundamente transformadas dessas figuras icônicas, entrelaçando elementos de inocência e malevolência. Após vivenciar as cenas intensas que criamos, você nunca mais verá Mickey da mesma maneira.”

Fique ligado no Collider para mais atualizações sobre todas as últimas adaptações de terror nostálgico.